quarta-feira, 21 de outubro de 2009

"Qual a paz que eu não quero conservar, Pra tentar ser feliz?"


"A minha alma tá armada e apontada
Para cara do sossego!
Pois paz sem voz, paz sem voz
Não é paz, é medo"!



Temos sempre que perceber o limite entre a paz e a inércia!

Ser pacífico e ser passivo não são sinônimos!!

Fique sempre calado e terá paz, mas ficará sempre com as sobras!!!


5 comentários:

Yêda Maria disse...

OI Rachel!!!
Essa é sua produção no Inscape? Ficou massa!!!!
Então qual a paz que vc não quer conservar para tentar ser feliz???? Rsrsrs
Oh, essa disciplina as vezes me causa uma tremenda angústia. Isso de ser viagiada me incomoda profundamente. Eu até gostei da idéia do blog, mas acredite, não consigo me colocar de forma 100% espontanêa no que diz respeito as minhas postagens.
Contudo, meu consolo é que tudo passa e pretendo continuar com o Blog. Acho que vai ser legal.
A propósito, quero que vc conheça alguns sites que coloquei lá no blog, dê uma olhada, ok.

Beijos!!

Edmilton G Silva disse...

Raquel,
que língua é que vc escreveu isso?

Kell disse...

Como assim "em que língua"?? :)

Kell disse...

Pois é Yeda...
"Qual a paz que eu não quero conservar pra tentar ser feliz"?
Qualquer paz aparente que me tire a paz interna.
Tudo o que me sufoque e seja contra o que eu acredito...
Um exemplo é o que postei no teu Blog...
Vou até onde eu puder em tudo e sei que o que eu fizer somente por obrigação não terá a qualidade que sei que sou capaz!!
hauhuhsusus
(Nem me acho)
Bjkss

Lucas disse...

Muito criativo o seu post, Rachel, parabéns.
Não devemos ficar quietos sempre, em um falso clima de paz. Devemos, sim, sermos ativos quando necessário e pacíficos sempre.

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
VOLTE SEMPRE!!! :)